Violência Contra a Mulher: números que matam e oprimem

Nesta manhã de 25 de novembro de 2011, Dia Internacional pelo Fim da Violência Contra a Mulher, o Instituto Negra do Ceará, juntamente com o Fórum Cearense de Mulheres (FCM), realizou uma blitz na Delegacia de Defesa da Mulher em Fortaleza, localizada na  rua Manuelito Moreira, nº 12, Centro.

Apesar do número reduzido de mulheres, algo comum em uma sexta feira no distrito, algumas delas foram entrevistadas pelo Inegra, FCM e pela imprensa local. Na abordagem, foi aplicado um questionário que procurava traçar os perfis das mulheres vitimadas e as principais causas geradoras de violência física ou psicológica.

A delegacia apresentou ao Inegra e ao Fórum o quadro com a quantidade de denúncias e ocorrências de 2010 e 2011. Os números são assustadores: só neste ano, de Janeiro a Outubro, foram cerca de nove mil ocorrências. Ocupando o primeiro lugar estão os casos de ameaça, seguidos pelos de lesão corporal. E preenchendo o painel devastador de violência contra mulher no estado, estão também: difamação, furto de documentos, estupro, constrangimento ilegal, violação de domicílio, tortura, rapto, dentre outros. No mesmo período, comparado ao ano de 2010, o volume de denúncias não diminuiu, apontando o fato de que mesmo com o decreto da Lei Maria da Penha de nº 11.340, as agressões corporais e verbais às mulheres ainda persistem.

Contando com uma infraestrutura precária e um atendimento, na maioria das vezes, desumanizado, muitas mulheres acometidas pelo medo não conseguem procurar os órgãos responsáveis e acabam por desistir de denunciar seus agressores. Esse é um fato alarmante que precisa ser superado para que o crime de feminicídio retroceda e não permaneça na sociedade como algo “natural”.

É urgente darmos um basta nesses números que correspondem a milhares de vidas interrompidas e marcadas pelo machismo, sexismo e, acima de tudo, pela injustiça.

DENUNCIE, LIGUE 180!

Anúncios
Categorias: Feminismo | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: